Como escolher os móveis da sua casa

Como escolher os móveis da sua casa

Como escolher os móveis da sua casa

Portanto saiba como aplicar na sua casa a regra do triângulo, que garante uma cozinha prática e com tudo no lugar

Portanto uma boa construção é a base para uma casa arejada e organizada, mas é a relação que mantemos com os móveis que vai transformar nosso lar num ambiente gostoso e cheio de harmonia. Por isso, pense bem antes de comprar seus móveis. A gente ensina como fazer as melhores escolhas e deixar sua casa uma delícia.

Banheiro espaçoso

Portanto esse cômodo da casa merece atenção especial, por isso, invista nos gabinetes!

. Aproveite cada cantinho: investir num gabinete com várias divisórias e gavetas facilita a sua vida. Há modelos até com encaixe para pia apoiada sobre coluna.

Antes de comprar os móveis da casa…

. Meça o espaço disponível no cômodo : tire as medidas, anote-as em um papel e lembre-se de levá-las à loja.
. Saiba quantas pessoas vão usá-lo: planeje bem o espaço segundo a quantidade de usuários. Faça as contas!
. Pense na circulação: observe o dia a dia na sua casa e veja qual caminho as pessoas percorrem pelos cômodos. Compre móveis que, mesmo quando estão abertos, não atrapalhem a passagem e o mecanismo de abertura de portas e janelas.

Para TVs grandes

. Comprar uma TV gigante para uma sala pequena pode criar um problema visual: dependendo da distância que ela ficar do sofá, tornará desconfortável ver as imagens. Por isso, respeite o espaço mínimo entre a tela e o sofá: 1,35 m (para TVs de 20 polegadas) ou 1,85 m (para as de 29 polegadas).
. Desconfie de vendedores que tentam empurrar uma TV maior do que você precisa!
. O arranjo da sala acima é ideal para quem curte ver novela, um futebol com os amigos ou pegar aquele filme bacana na locadora. Em frente ao sofá, um pufe longo serve de apoio para os pés.
. A distância maior entre o assento do sofá e o rack permite o investimento numa TV de 29 polegadas.
. Quando a sala recebe visitas, o pufe vai para o lado e serve de assento extra.

Para dividir espaços

. Se vai separar a sala de TV da mesa de jantar, coloque a estante baixa às costas do sofá, criando duas salas.
. A TV contra a janela evita reflexos, melhorando a imagem durante o dia.
. A circulação mínima de 50 cm foi respeitada e permite um fluxo duplo de pessoas, vindo dos dois lados do sofá. A
distância entre os assentos e a tela permite uma TV grande.

Para liberar a circulação

. Portanto salas com dois ambientes são ótimas para dar a impressão de mais espaço. No arranjo abaixo, há uma área para TV e outra para leitura. Os livros ficam no móvel atrás do sofá.
. Como a distância entre a tela e o sofá ficou menor aqui, o ideal é investir numa TV de no máximo 20 polegadas. Assim, você e sua família podem ver as imagens sem dificuldade.

Considere o dia a dia da sua casa

Como escolher os móveis da sua casa

Portanto praticidade é tudo para quem tem uma rotina corrida.

Portanto pense nisso na hora de escolher os móveis da casa — e não terá arrependimentos com cada investimento.

Portanto confira as dicas dos decoradores para priorizar a funcionalidade sem abrir mão da qualidade estética:

Prefira os móveis multifuncionais

Portanto armarinhos e estantes servem de apoio para inúmeros objetos e podem otimizar o espaço se usados como divisórias de ambientes.

Aproveite o espaço vertical

Portanto prateleiras e nichos possibilitam tirar proveito de áreas pouco exploradas da casa.

Portanto outra vantagem é que podem ser mantidos suspensos ou fixados na parede.

Invista em peças leves

Portanto banquinhos, puffs, cadeiras dobráveis e mesas compactas ocupam pouco espaço e podem ser transferidos de um cômodo para outro com facilidade.

Portanto inspire-se e monte uma lista de necessidades para cada ambiente

Como escolher os móveis da sua casa

Portanto a criação de uma lista de necessidades é crucial para mobiliar um cômodo ou todos os ambientes da casa. Esse exercício vai ajudá-la a definir prioridades e encontrar um equilíbrio entre os elementos da decoração.

Portanto divida a lista em três partes:

Peças básicas

Portanto para não comprometer a rotina dos moradores, anote tudo aquilo que é essencial em cada cômodo. A sala, por exemplo, deve ter pelo menos um sofá confortável, um rack e a mesinha de centro.

Itens adicionais

Portanto depois de estabelecer o básico, sobrou recurso para investir em outros itens? Então, você já pode incluir na lista alguns modelos diferenciados de móveis e objetos de desejo.

Acessórios complementares

Portanto com a base dos ambientes montada, é hora de pensar nos acessórios que vão complementar a composição. Inclua nessa etapa os quadros, tapetes, esculturas, luminárias e outros elementos que considerar importantes.

Analise a qualidade das peças

Portanto encontrar as peças certas pode levar tempo, mas o período de espera compensa. Nesse processo, é interessante avaliar diferentes modelos para fazer a escolha certa.

Portanto veja alguns aspectos a considerar:

Estrutura

Portanto pergunte ao vendedor sobre o material estrutural do móvel para saber se o produto tem boa durabilidade. Peças sólidas, resistentes e fabricadas com bons materiais (madeira, aço inoxidável) duram mais tempo e devem ser priorizadas.

Acabamento

Portanto observe os detalhes do acabamento para saber se combinam com o estilo decorativo da casa. Modelos com assentos e encostos macios devem ser revestidos com tecido durável e fácil de limpar. Não se esqueça de perguntar também sobre o material usado no estofamento.

Design e tecnologia

Portanto avalie a beleza plástica da mobília para saber se o design atende aos seus objetivos. Além disso, confira se os modelos são equipados com tecnologia para a abertura e fechamento de portas, gavetas e outros compartimentos.

 

Portanto é isso, espero que tenha gostado.

Portanto curta a nossa página no face, acompanhe nossos posts, com dicas, escolhas e muito mais.