Você sabe a diferença entre MDF e MDP?

Você conhece a diferença entre mdf e mdp? Separei o vídeo abaixo para lhe explicar e também um pequeno texto para que você tire todas as suas dúvidas.

4 diferenças entre MDF e MDP

1- O MDP é utilizado partículas de madeira, ele fica com mais espaços entre as partículas. O MDF é feito de fibras, ele é mais diluído a madeira e fica mais prensado

2 – O MDP é mais utilizado para prateleiras, bases de armário, já o MDF é muito utilizado para usinagem, por exemplos uma porta côncava, para tampos arredondados já o MD´P não atende por conta das partículas serem maiores

3- Na laka é muito utilizado o mdf, pois ele é mais liso e recebe a tinta melhor e ainda vence em resistência a água.

4- Nem o MDF nem o MDP tradicionais tem resistência a água, caso surja uma demanda de área úmida, recomendamos o compensado naval.

 

Qual é a diferença entre MDF e MDP?

 

Como é bom sonhar com aquele móvel que você tem visto a tempo, melhor ainda quando ele passa a fazer parte da sua casa e gera uma união perfeita.

Mas quando se trata de um produto de painéis de madeira, já parou para pensar qual a melhor matéria-prima?

Você sabe qual é a diferença entre um móvel feito em MDF ou MDP? Onde e quando é melhor utilizar um ou outro?

A Tok Retok atua com profissionais qualificados, buscando constantemente inovar, desde o projeto até a entrega. Atendendo assim, desde a obra até a decoração, também oferecendo uma extensa opção de moveis convencionais e decoração.

Com o objetivo focado na satisfação do cliente, a Tok Retok busca proporcionar um atendimento personalizado com alto padrão de qualidade, construindo uma experiência positiva com a empresa, gerando conquistas.

Mas se tem algo que costuma provocar dúvidas no momento de comprar de um móvel novo, são essas duas siglas que representam os materiais utilizados na fabricação das peças: MDF e MDP.

Eles são mesmo diferentes? Uma é melhor que a outra? Qual é a melhor aplicação para cada uma delas?

Elas são sim, diferentes. Mesmo derivando das mesmas espécies de madeiras reflorestadas (pinus e eucalipto) e sendo fabricadas por um processo igual e com idêntica tecnologia.

O Medium Density Fiberboard, MDF, tem seu miolo composto por pequenas fibras de madeira, já o Medium Density Particleboard, MDP, é feito com partículas de madeira.

O MDP vai ser produzido em 3 camadas, onde uma será grossa no miolo e as outras duas finas nas superfícies.

O que garante ao produto a grande resistência estrutural é a sua composição heterogênea, conferindo uma maior resistência ao empenamento e a colocação e remoção de parafusos, além de torná-lo um material mais leve.

É ideal para projetos de linha reta ou plana, como por exemplo: caixas, prateleiras lineares e portas, que não possuam cortes ou marcações em baixo relevo.

 

A tecnologia do MDP, empregada na prensagem de chapas, separação de partículas e desenvolvimento de resinas leva-o hoje a uma categoria bem acima ao do antigo aglomerado, com o qual é confundido de uma maneira completamente errada.

O MDF é um material uniforme, plano e com uma maior densidade, resultado fibras de madeira prensadas com uma resina sintética, sendo uma madeira que permite mais criatividade no design devido a sua homogeneidade

Facilitando, com isso, a aplicação de cortes, usinagem em baixo relevo e nas partes aparentes dos móveis, em que serão aplicados os acabamentos finais.

Uma importante diferença entre o MDF e o MDP é o nível de absorção de tinta: o MDP vai ter uma maior absorção no resultado final enquanto o MDF não.

Dessa forma, quando a finalidade for essa, as placas de MDF apresentam mais vantajosas, já que elas permitem o acabamento da pintura em laca seja mais homogênea, sem irregularidades na superfície.

Característica que tem total influencia na conexão custo-benefício.

No final cada uma das placas irá cumprir seu objetivo, e são excelentes quando usados na aplicação correta.

MDF ou MDP: qual é melhor? – Acabe com todas as suas dúvidas.

Devido os materiais terem diferentes atributos, cada um terá uma melhor aplicação de acordo com cada caso.

Pelo MDF ser mais flexível, ele é mais sugerido e adequado quando se está precisando de uma peça com diferentes cortes, ou também para acabamentos. Ele também consta por ser um material de maior resistência à atritos.

Por outro lado, o MDP será mais utilizado em móveis de espessura mais grossa, devido ele ser mais leve e ter uma boa estrutura, o que o faz aguentar uma quantidade de peso maior.

MDF ou MDP: qual é mais resistente a umidade? – Continue lendo e encontre o melhor material para o seu móvel.

Como já vimos, o MDP é feito por partículas que não são fibras expostas. Também apresenta espaços vazios entre uma fibra e outra.

Logo, ele não irá absorver a umidade com a mesma rapidez. Se isso acontece, as partículas incham, porem a umidade vai preencher primeiro os espaços vazios para, somente depois, aumentar a espessura do painel.

Já o MDF é por fibras expostas e prensadas, ou seja as fibras da madeira estão desejosas por umidade, o que a faz absorver rapidamente.

Quando inundada, deixa a umidade passar de uma fibra para a outra. Assim, o MDF incha, e muito, podendo até dobrar de espessura, dependendo do nível do contato com a umidade.

MDF ou MDP: qual material é mais resistente? – Elimine suas dúvidas lendo esse arquivo aqui.

Muitas pessoas consideram o MDF um material de maior resistência do que outros tipos de painéis onde pensam que, quanto maior sua espessura, maior sua resistência.

É muito provável que esse conceito tenha surgido devido ao fato do MDF ser mais compactado que o MDP, porem este é um conceito totalmente errado.

Outras afirmações ouvidas neste sentido diz que o MDF aprisiona melhor os parafusos, o que não é verdade.

A resistência de uma placa vai depender, não apenas do material usado, mas de outros fatores importantes como o projeto do móvel, sua execução e as ferragens utilizadas.

Os projetos e a execução dos móveis são muito mais importantes na definição de sua resistência que o próprio painel utilizado.

 

MDF ou MDP: qual usar? – Desapareça com todas as suas dúvidas com esse arquivo.

Tanto o MDF como o MDP apresentam suas diferenças e são excelentes, desde que sejam utilizadas corretamente.

Quando o objetivo é as partes externas, em que normalmente os projetistas priorizam o design do móvel com curvas e cantos arredondados, o MDF é ideal.

Mas para o uso interno, a melhor escolha pode ser o MDP, já que este proporciona uma desmontagem sem prejudicar a qualidade do móvel. Ele possui também, uma ótima colagem e ainda é mais rentável.

A Tok Retok oferece a mais variada linha de produtos garantindo a você toda qualidade e a máxima eficiência na hora de você comprar o seu móvel.

Nossa empresa é totalmente comprometida em cumprir os prazos, sendo ética, respeitando pessoas e o meio ambiente – Confira agora e compre o melhor móvel para você!

Open chat